23/08/2012

SEDUÇÃO

sedução






Não, não fale nada agora, deixe-me apenas olhar para este teu
rosto, para este teu corpo, tão lindo, tão gostoso.
Fique assim a me olhar, a me desejar, 
serena e tranquila, e me ame assim antes de me tocar, 
para que eu sinta a energia que sai deste teu corpo, 
e sacie meus desejos loucos, de querer te agarrar, te morder,
te sarrar, de sentir teu corpo como sinto o teu olhar, de 
querer tua boca como o querer te amar.
Me toque lentamente, no meu peito a palpitar, sinta meu fogo
ardente que circula sem parar, queimarei teus lábios meigos
com meus beijos molhados, por querer me saciar.
Prenderei-te em minha cintura com braços fortes e potentes,
e serás meu aguardente a alucinar minha mente, e doparei 
meu juízo, por ser teu eternamente.
Dançaremos bem juntinhos, com musiquinha apaixonante,
boca a boca, corpo a corpo, assim... Bem relaxante;
te direi sou teu tarado, e dirás ; sou tua meu amado,
e assim te farei minha escrava, ... ou senhora?
Não importa, assim que te beijar, sairemos por esta janela
voaremos bem distante de tudo e de todos, e quando voltarmos
decidiremos isto, pois agora quero apenas te amar.

                                                                                                             MIRIANEIDE CÂNDIDO