04/08/2012

MAIS UMA VEZ


Duas estradas
confundindo-se
em curvas e contra curvas
duas linhas
aproximando-se,

fazendo com que o principio de uma
se torne no fim da outra,
dois limites
feitos de cabeça,tronco e membros,
feitos de boca,
feitos de seios,
feitos de sexo,
envolvendo-se,
aconchegando-se,
fazendo com que tudo junto se torne
no profundo buraco negro
onde eu hoje mais uma vez me afundo.
                                                                                         
                                                                                        Miranda Monteiro