23/08/2012

AGONIA



AGONIA


Me sinto tão só, 
um aperto tão forte aqui dentro, no peito,
que vazio...
Sinto vontade de chorar.

No dia em que você foi embora,
foi consigo o meu coração;
o que eu tinha de mais lindo
chora baixinho, sozinho aqui dentro
trêmulo por esta emoção.

É como se não houvesse melodia,
minha estrela não mais brilhou;
apenas vagueio com vida,
a espera da grande partida,
deixando aqui neste chão 
as lembranças e marcas profundas,
causadas por esta solidão.

Preciso abdicar esta dor,
mas não sei o que fazer para parar,
meus olhos se enchem de lágrimas, 
não dá mais, 
tenho de chorar.
Estou desaparecendo a cada dia 
por estar tão só.

                                                                                                               Mirianeide Cândido