07/05/2012

PAPEL DE PÃO

 
PAPEL DE PÃO

Eu nem sei dizer o que senti

Quando eu acordei e não lhe vi
Confesso que chorei
Não suportei a dor
É doloroso  perder um grande amor
Mais alucinado eu fiquei
Quando li o bilhete que encontrei.
Estava escrito num papel de pão
Foi o que arrasou meu coração
Ainda me lembro bem
Estava escrito assim:
Não me procure nosso amor
Chegou ao fim!

                                                                                                  Sérgio Silva