22/04/2012

IMORTAL

PEDAÇOS de MIM
TE IMORTALIZO EM MINHAS LEMBRANÇAS, QUE O TEMPO, CERTAMENTE, NÃO CONSEGUIRÁ APAGAR, POR TE ESCULPIR EM MINHA LUA, QUE ESTOU SEMPRE A ADMIRAR. VIVERÁS ETERNAMENTE, EM MINHA BOCA, NOS MEUS POEMAS; ANDARÁS SEMPRE COMIGO, NOS BARES, NAS RUAS E CINEMAS, E AO PARTIR DESTA TERRA, DESTE PLANETA TÃO ESTRANHO, LEVAREI ETERNAS LEMBRANÇAS, DOS BONS MOMENTOS, QUE JUNTOS PASSAMOS.